Em um mundo em rápida mudança, a capacidade de aprender tornou-se uma habilidade vital. E para fazer isso de forma rápida e eficiente, oferecemos 9 maneiras que vão te ajudar a desenvolver habilidades e lembrar de informações com mais eficiência.

Como estudar de forma mais eficaz: 9 maneiras

foto de mulher criada por wayhomestudio – www.freepik.com

Em um mundo em rápida mudança, a capacidade de aprender tornou-se uma habilidade vital. Esta é uma habilidade fundamental que o ajudará a alcançar o sucesso em muitas áreas da vida. E para fazer isso de forma rápida e eficiente, oferecemos 9 maneiras que o ajudarão a memorizar informações e desenvolver habilidades com muito mais eficiência do que usar a abordagem clássica de aprendizado.

 

1. Aprenda a usar sua memória corretamente

Há muitas maneiras de memorizar informações de forma mais rápida e confiável – sem noites apertadas e sem dormir. Aprenda a administrar sua atenção e estruturar novos conhecimentos corretamente, e você já notará mudanças para melhor. Mas o treinamento da memória não se limita a isso. Aprenda a psicologia da memória e mnemônicos para aprender mais dados em menos tempo (mais sobre este aqui ☛, aqui ☛).

 

2. Continue aprendendo e praticando coisas novas

A maneira certa de aprender de forma mais eficaz foi proposta por Lenin – estudar, estudar e estudar novamente. Um artigo publicado na Nature relatou que pessoas que aprenderam a fazer malabarismos tiveram um aumento de massa cinzenta em seus lobos occipitais, uma área do cérebro associada à memória visual. Quando essas pessoas pararam de praticar a habilidade, a massa cinzenta desapareceu.

Portanto, se você está aprendendo um novo idioma ou dança, continue praticando para manter seu progresso. Esse fenômeno de “use ou perca” envolve um processo cerebral conhecido como “poda”. Certas vias no cérebro são preservadas enquanto outras são removidas. Se você quiser que as novas informações que acabou de aprender permaneçam no lugar, repita-as.

 

3. Aprenda de maneiras diferentes

O cérebro lembra bem as informações com as quais trabalhou muito. Para fazer isso de forma eficaz e não chata, obtenha dados de diferentes canais. Em vez de apenas ouvir um podcast que inclui aprendizado auditivo, encontre uma maneira de aprender mais verbal e visualmente. Por exemplo, fale sobre o que ouviu com um amigo ou escreva um resumo. Ao aprender de mais de uma maneira, você fortalece ainda mais o conhecimento em sua mente.

A pesquisadora Judy Willis diz o seguinte: “Quanto mais áreas do cérebro armazenam conhecimento sobre um assunto, mais relacionamentos são formados. Segue-se dessa redundância que os alunos serão mais capazes de recuperar bits de dados relacionados de vários locais de armazenamento em resposta a um único sinal. Essa referência cruzada aos dados significa que aprendemos algo, não apenas memorizamos.”

Como estudar de forma mais eficaz: 9 maneiras

foto de tecnologia criada por freepic – www.freepik.com

 

4. Procure respostas, não tente se lembrar

A aprendizagem não é um processo perfeito. Muitas vezes esquecemos o que já aprendemos. Se você estiver lutando para se lembrar de alguma informação, é melhor apenas encontrar a resposta certa. Quanto mais você tentar se lembrar, maior a probabilidade de esquecer novamente no futuro. Por quê? Todas essas tentativas dolorosas de encontrar informações previamente aprendidas levam à consolidação do “estado de erro” e não à memorização da resposta correta. Quando você tenta lembrar, você meio que se ensina a esquecer.

 

5. Encontre seu estilo de aprendizagem

Outra ótima estratégia para melhorar a eficiência do aprendizado é reconhecer seus hábitos de aprendizado. Existem muitas teorias diferentes sobre estilos de aprendizagem que podem ajudá-lo a entender como você aprende melhor as informações. Embora esse conceito ainda seja objeto de discussão, há benefícios a serem obtidos com ele. Ao reconhecer seus padrões de aprendizado, você pode entender melhor seus pontos fortes e fracos, o que o ajudará a aprender de forma mais eficaz.

Tente se encontrar nas seguintes classificações:

Defina seu modelo e pense em como você pode usar os pontos fortes e compensar os pontos fracos.

 

6. Faça testes

Para consolidar o material estudado e lembrá-lo por mais tempo, não deixe de passar nos testes. Pesquisar [Chunliang Yang, 2018] mostrou que essa técnica ajuda a lembrar melhor as informações, mesmo que o teste não aborde todas as questões. Por outro lado, os alunos que passaram mais tempo em sala de aula, mas não foram testados, apresentaram taxas de retenção mais baixas.

 

7. Estude na hora certa

Nossos corpos têm seu próprio relógio interno, conhecido como ritmo circadiano, que controla o ciclo sono-vigília e os níveis de energia ao longo do dia. Enquanto a força física atinge o pico por volta das 11h e 7h, os horários de pico para o trabalho mental são por volta das 9h e 9h.

Em um experimento [Jessica D. Payne, 2012] os participantes memorizaram pares de palavras às 9h ou 9h e, em seguida, os sujeitos foram testados em intervalos de 30 minutos, 12 horas ou 24 horas. Os resultados mostraram que, embora a hora do dia não tenha afetado a memória de curto prazo, o conhecimento sobre o teste de repetição de 12 horas foi muito melhor para aqueles que dormiram a noite toda do que para aqueles que tiveram um período de vigília. Em um reteste de 24 horas, os pesquisadores descobriram que aqueles que estudaram à noite antes de dormir tiveram um desempenho melhor do que aqueles que ficaram acordados o dia todo depois de estudar e depois dormiram na noite anterior ao reteste.

Os resultados mostram que treinar pouco antes de dormir é o momento ideal para um melhor aprendizado.

 

8. Aprenda gradualmente

É melhor estudar algo por 20 minutos em 6 dias do que gastar 2 horas em um dia. Essa abordagem é chamada de "aprendizagem distribuída" e, como mostrou um estudo de estratégias educacionais [Yana Weinstein, 2018], este método oferece a maior eficiência.

Este princípio é um verdadeiro presente para pessoas ocupadas que simplesmente não conseguem encontrar tempo para estudar. Uma ilustração e aplicação prática dessa técnica é a regra das 5 horas (leia mais sobre isso aqui ☛).

 

9. Faça cursos

Hoje, na era do desenvolvimento e da presença onipresente da Internet, você pode encontrar um número inimaginável de programas de treinamento interessantes e informativos destinados a desenvolver uma ampla variedade de habilidades, habilidades e competências. Mas entre essa variedade, você precisa ser capaz de escolher aqueles que realmente valem a pena. Esteja vigilante – verifique esses programas em busca de conteúdo, leia resenhas, procure algo que inspire confiança.

Nós, por sua vez, queremos recomendar o programa Best Self-Education Techniques do popular recurso de Internet 4Brain, onde em apenas 5 semanas você aprenderá a aplicar várias técnicas e modelos de autoeducação que o ajudarão a aprender mais rápido, com mais eficiência e mais interessante. E, claro, não deixe de conferir as avaliações Link para o programa ☛.

 

Resumo

Usando desenvolvimentos modernos em psicologia, você pode tornar seu aprendizado mais eficaz. Aqui está o que você precisa para isso:

  • Aprenda técnicas de memória
  • Repita o que você aprendeu
  • Explorar informações de diferentes maneiras
  • Encontre seus pontos fortes no ensino e use-os
  • Procure a resposta novamente se você a esqueceu e não tente se lembrar
  • Faça um teste após cada tópico
  • Estudo antes de dormir
  • Aprenda pouco a pouco, dia a dia
  • Faça cursos

Aprenda a aprender, e então você se tornará mais eficaz em todo o resto.

Fonte: 4brain.ru

Avalie o artigo e compartilhe nas redes sociais
1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Classificação: 4.79 (Número de classificações: 7)
 

FactUm-Info Fatos interessantes

Inscreva-se em nosso canal do Telegram

1.

Abra o site FactUm-Info no navegador Google Chrome

2.

Imprensa cardápio navegador

3.

Selecionar item "Instalar o aplicativo"

1.

Abra o site FactUm-Info no navegador Safari

2.

Clique no ícone "Mandar"

3.

Selecionar item "Para tela inicial"