Na vida cotidiana, cada um de nós é confrontado com insultos dirigidos a ele. Vamos familiarizar os leitores com técnicas que permitem responder a um insulto, mantendo a auto-estima e colocando com sucesso o ofensor em seu lugar.

Como manter sua paz de espírito se você for insultado

shutterstock.com

Na vida cotidiana, cada um de nós encontra periodicamente pessoas que se permitem ofender o interlocutor. As razões para tal comportamento podem ser maus modos elementares, incapacidade ou falta de vontade de se controlar, a busca de alguns objetivos pessoais. É impossível não reagir a um insulto: com total impunidade, o ofensor pode se sentir forte e certo e passar para a agressão aberta, o que tornará a situação francamente perigosa.

Vamos familiarizar os leitores com técnicas que permitem que você responda a um insulto, mantendo a auto-estima e colocando com sucesso o ofensor em seu lugar.

 

1. Responda a piada

Nem todo mundo pode brincar em resposta a um insulto. Para fazer isso, você precisa estar confiante e muito determinado. A piada não deve conter um insulto ou acusação recíproca. É necessário tornar engraçado não o ofensor, mas as palavras com as quais ele se dirigiu a você. Uma técnica é considerada muito eficaz quando uma pessoa exagera e leva ao absurdo o significado de uma afirmação que lhe é ofensiva (por exemplo, em resposta a uma característica ofensiva, ela declara que aprendeu muitas coisas interessantes sobre ele mesmo e definitivamente recorrerá ao infrator novamente para obter informações). A técnica visa confundir o oponente, ao mesmo tempo em que o mostra aos outros sob uma luz desfavorável.

 

2. Aceitação da situação

Se palavras ofensivas são ditas por uma pessoa que geralmente o trata bem (seu amigo ou familiar), faz sentido analisar a essência da declaração, abstraindo temporariamente de sua forma. Talvez eles sejam ditados pelo seu comportamento irritante ou por um mal-entendido acidental. Você não deve terminar com um ente querido apenas por causa de palavras ofensivas, especialmente se forem ditas pela primeira vez. Tente entender a situação e use a chance para salvar o relacionamento.

 

3. Decifrando as intenções do oponente

As pessoas, via de regra, ofendem umas às outras por uma razão. Cada encontro desse tipo tem uma causa e um propósito que o ofensor geralmente não procura anunciar. Uma das melhores maneiras de responder a um insulto é identificar as intenções do oponente. Além disso, seu objetivo não precisa ser especificado, basta declarar publicamente que existe (por exemplo, expressar a crença de que a agressão do infrator é baseada em motivos pessoais). Se o oponente não se opuser, outros considerarão isso como uma confirmação de suas palavras (o silêncio é um sinal de consentimento). Qualquer objeção do ofensor será, em certa medida, uma tentativa de se justificar, o que é quase o mesmo que uma admissão de culpa.

Como manter sua paz de espírito se você for insultado

shutterstock.com

 

4. Calma

A brincadeira ofensiva é projetada para desequilibrá-lo. O oponente não está preparado para uma discussão construtiva da situação. Portanto, é importante manter a calma e tentar manter um diálogo normal com o infrator, principalmente se houver outras pessoas por perto.

A reação do oponente pode ser a seguinte:

  • uma tentativa de continuar a entrar em contato de uma forma que seja ofensiva para você. Para os outros (e para si mesmo) ele parecerá um brigão, e essa não é a melhor posição;
  • o desejo de fugir da conversa, o que equivale a admitir o próprio erro;
  • uma tentativa de explicar e justificar o comportamento de alguém.

A terceira opção não é tão rara: o ritmo de vida moderno não é propício ao comportamento equilibrado, e as pessoas muitas vezes ofendem umas às outras, não querendo, apenas por cansaço e irritação. Nesse caso, o ofensor pode ter a oportunidade de se desculpar. A situação será resolvida para satisfação mútua, o que melhorará o humor de ambas as partes.

 

5. Ignorar

Se você está no controle de si mesmo, pode fingir que não percebeu o insulto. Ao mesmo tempo, é muito importante demonstrar que o ponto não está tanto nas palavras do interlocutor, mas na sua falta de vontade de responder a ele pessoalmente. Assim, criar-se-á a impressão de que o mau comportamento do adversário não está ligado a uma colisão específica, mas às suas qualidades pessoais. Quando usado corretamente, este é um método muito eficaz. É verdade que poucas pessoas o possuem, e você precisa usá-lo com cuidado para que sua reação não pareça abertamente ofensiva.

 

6. Apelo à lei

As pessoas que têm o hábito de insultar os outros geralmente são pouco versadas no lado legal desse assunto. De fato, a humilhação da honra e da dignidade, insultos e palavrões são ofensas, e a punição para eles é prescrita nas leis. Um ofensor insolente sempre pode ser intimidado pelo fato de você corrigir suas palavras com a intenção de ir ao tribunal. Muito provavelmente, isso fará com que ele se acalme, pelo menos temporariamente, e reduza a intensidade do conflito.

 

Você não pode responder a um insulto com um insulto. Em primeiro lugar, este é um indicador de fraqueza e, em segundo lugar, a reação do tipo “tolo é um tolo” ainda não fez ninguém certo. Não se segue daí que seja necessário suportar as queixas silenciosamente. Somente pessoas muito confiantes podem permitir esse tipo de reação. E não é só que uma situação estressante tem um efeito prejudicial no humor. Palavras ofensivas tendem a permanecer na memória, privando uma pessoa da paz e diminuindo sua auto-estima, que é repleta de consequências desagradáveis ​​para o estado psicológico e até mesmo para a saúde física. A constatação de que o oponente recebeu uma resposta digna (educada, mas firme), ao contrário, aumenta a autoconfiança e serve como defesa psicológica contra as adversidades da vida.

Avalie o artigo e compartilhe nas redes sociais
1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Classificação: 5.00 (Número de classificações: 1)
 

FactUm-Info Fatos interessantes

Inscreva-se em nosso canal do Telegram

1.

Abra o site FactUm-Info no navegador Google Chrome

2.

Imprensa cardápio navegador

3.

Selecionar item "Instalar o aplicativo"

1.

Abra o site FactUm-Info no navegador Safari

2.

Clique no ícone "Mandar"

3.

Selecionar item "Para tela inicial"